Novo modelo da tomada brasileira

Desde o ano passado o Brasil adotou um novo padrão de tomadas elétricas. O novo padrão foi desenvolvido, principalmente, para dar mais segurança aos usuários e foi regulado pela norma NBR 14136 (ABNT).

A nova regra estabelece que os plugues sejam padronizados em dois modelos: pino redondo com 2 terminais e pino redondo com 3 terminais, sendo 1 terminal terra.

O encaixe do plugue deverá ter o formato hexagonal e as tomadas onde o encaixe será feito terão um baixo relevo de 8 a 12 milímetros de profundidade, criando uma espécie de buraco onde o plugue ficará acomodado, evitando folgas e exposição dos terminais metálicos e consequentemente diminuindo riscos de choques elétricos – uma das principais preocupações do novo formato.

O padrão NBR 14136 foi feito com base em estudos nacionais e internacionais, levando em conta uma série de fatores, incluindo-se o fator compatibilidade. É sabido que a grande maioria da população brasileira terá dificuldades em adequar sua rede elétrica residencial por falta de recursos financeiros ideais.

novo-modelo-tomada

Com o lançamento dos padrões, a grande maioria dos aparelhos utilizados em uma residência, continuará no padrão 2 pinos e o mesmo é 100% compatível com a maioria das tomadas elétricas existentes nas residências brasileiras. Isso reduzirá drasticamente a necessidade da troca de tomadas para aquisição de bens como ventiladores, liquidificadores ou ferros de passar – aparelhos mais baratos e com vida útil reduzida – e reduzindo a obrigatoriedade para aparelhos com alto consumo como geladeiras e máquinas de lavar roupa, que possuem uma vida útil longa e não estão acessíveis à população de baixa renda.

tomadasOs dois tipos de tomada estão disponíveis nas lojas Joli

- Tomada Iriel (da esquerda)

- Tomada Iriel (da direita)

Acompanhe a Joli no Twitter e no Facebook

Deixe um comentário

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *

*