Dicas para fazer um bom churrasco

Difícil encontrar alguém que não goste de um bom churrasco. Até mesmo os vegetarianos dão seus pulos e encontram espaço para o pãozinho de alho ou o tomate na grelha, afinal o churrasco em si fica em segundo plano, pois o que importa mesmo é reunir a família e os amigos.

Se você sempre calcula errado (e sobra mais do que falta), esquece de temperar a carne e ouve reclamações sobre o seu churrasco, nós vamos de dar dicas de como virar um bom churrasqueiro e não fazer feio!

A hora de acender a churrasqueira

Não é difícil. Lógico que uma boa churrasqueira facilita o trabalho (ela deve ser de fácil limpeza, manter o calor e ser funcional permitindo o uso adequado dos espetos, grelha e a chapa). Primeiro acenda o fósforo e jogue-o sobre o álcool. Use apenas um copo de álcool ( álcool gel acendedor é o melhor). Nunca use querosene, gasolina, tiner, etc. pois além de passar gosto para a carne, prejudicando a saúde, pode haver explosão.Depois de colocar carvões, ponha o álcool devagar, em três lugares diferentes.

Acenda o fósforo e jogue-o sobre o álcool. Se o fogo não pegar, não ponha álcool novamente. Aguarde um pouco e verá que alguns carvões pegarão fogo. Use então o abanador até levantar uma pequena chama. Repita a operação de abanar até ter umas algumas brasas acesas. Espalhe os carvões. Dê mais algumas abanadas. E já pode colocar as carnes sobre as grelhas.

Os equipamentos necessários

- Abanador de brasa.
- Tábua de servir a mesa.
- Espetos
- Ferro para espalhar a brasa.
- Colher pinça, para pegar brasas.
- Garfos, colheres e facas

Salgar a carne

O sal do churrasco é o sal grosso. Meia hora antes de dar início ao trabalho de assar a carne, salgue-a. Ponha a carne na bacia/tigela e esfregue o sal com as mãos. Espete e leve ao fogo, com a parte mais gordurosa para baixo, como o caso da picanha.

Não esqueça: para tirar o sal, quando a carne estiver pronta, segure o espeto no ar ainda dentro da churrasqueira e bata com as costas da faca.
Nunca salgue o churrasco com sal fino de cozinha. Certamente o sal vai grudar e a carne ficará muito salgada.Se não tiver sal grosso, faça com o sal fino uma salmoura e vá borrifando periodicamente na carne, sem tirá-la do fogo. O tempo médio para a preparação de cada tipo de carne é  de aproximadamente 40 minutos.

As queridinhas do churrasco

- Alcatra : apresenta pouca gordura, que ainda deve ser retirada, deixando-a perfeitamente limpa. Deve ser cozida ao ponto ou mal passada. Como as outras carnes de primeira, não deve ser fatiada e sim cortada em pedaços grossos para ser levada ao prato. É a maneira de manter o ponto por fora, na casquinha, e a suculência por dentro.

- Picanha : é macia e isto se deve por ser uma carne sem músculos e de alto volume sanguíneo, o que lhe marca o sabor característico. Ela deve ser servida em pedaços grossos e no prato é que se vai cortando em pequenos cubos para comer.O ponto certo da picanha é o malpassado.

- Contra-filé : é macio, tem sabor acentuado, muito suco e dificilmente se erra no ponto. Deve ser servido ao ponto ou mal passado, sob pena de perder o suco e daí o sabor. Para servir, corte em postas de espessura média.

- Fraldinha : é uma carne muito saborosa, boa de assar mas que não é uma carne popular. Não deve ser passada demais. É uma carne cheia de gorduras e nervos e é preciso ser muito bem limpa para ir até à grelha.

- Chuleta : é também uma carne saborosa mas às vezes fica dura ao ser assada. Seu ponto certo é o malpassado. É entremeada de gordura, que a mantém suculenta.

- Costela : é a carne mais típica do churrasco. Para os churrasqueiros, churrasco é sinônimo de costela.Antigamente fazia-se churrasco só de costela e de alguns anos para cá é que foram introduzidos outros tipos de carne. Ela só deve ir ao fogo quando estiver bem limpa, isto é : carne à vista de um lado e osso de outro. A costela deve sempre ir às brasas com o lado do osso para baixo. Somente quando esta parte mostrar-se bem assada é que se deve virar o espeto. Serve-se ao ponto.

Os acompanhantes

- Salada verde

- Berinjela grelhada

- Farofa

- Caipirinhas

Esperamos que essas dicas lhe sejam útil, e que você possa desfrutar de um churrasco especial

3 respostas a Dicas para fazer um bom churrasco

  1. jose paulo da silva disse:

    eu gosto de fazer churrasco tenho um pequeno quit gostaria de melhorar meu quit mas esta dificil gostaria de ganhar um quit espeto joli . comtato 01288313341

Deixe um comentário

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *

*